Screen Shot 2016-09-05 at 17.16.01

«Americancars Algarve Show»

«Americancars Algarve Show» foi um festival da cultura americana, e na paixão pelas máquinas grandes e potentes que tanto marcam a sua história. Talvez a hora escolhida para visitar o evento realizado em Faro no Algarve, não tenha sido a melhor, o calor estava intenso para uma grávida de sete meses, porém não podia faltar!

Screen Shot 2016-09-05 at 00.02.37

Hot Rod

A entrada era livre, o rock clássico acompanhava-nos e existiam três corredores de carros das mais variadas épocas, desde a época gangsters, como Al Capone IMG_6787IMG_6769Screen Shot 2016-09-05 at 18.00.37

“American Muscle”, Mustang, um dos meus carros de sonho!

Screen Shot 2016-09-05 at 18.01.32

ou George “Machine Gun” Kelly, aos meus favoritos “american muscle”, desportivos com motores poderosos projetados para condução de alta performance, aos “hot rods”, pick ups, e um carro das corridas de nascar como o que o Tom Cruise conduzia no filme “Days of Thunder” (“Dias de Tempestade”). Existiam carros de bombeiros, jeeps de guerra e ainda os famosos camiões, lembro me bem do filme “Over the Top”(“O Lutador”) com o Sylvester Stallone que conduzia um camião gigante cheio de cromados como não se via em Portugal.

Estava entretida a ver os carros, quando começarei a ouvir um som que é me tão familiar, o som de um grupo de motos, eram Harleys e Indians. Clássico!
Screen Shot 2016-09-05 at 18.01.19
A fomeca começou a apertar e fomos aos “food trucks”, tinham o tradicional americano, pizzas, hambúrgueres, e alguma cultura portuguesa com sandes de leitão e doces regionais regados a muito álcool. Ok, as pizzas e hambúrgueres era mais europeus, mas estavam muito saborosos e bem apresentados! Uma grávida come por dois, nada como aproveitar!!

Ainda deu para fazer umas compras nas tendas, para fazer a digestão. Soube que mais tarde se ia realizar o concurso da PinUp girl do evento e alguns concertos. A única nota é que o programa precisava de ter mais algumas coisas para fazer, para quem foi visitar de dia se mantivesse no espaço. Algo para melhorar! Em geral foi bem divertido e foram umas horas bem diferentes nas minhas férias.
Screen Shot 2016-09-05 at 02.06.49
O nome do evento é muito redutor ao evento em si, pois é uma celebração da cultura americana em pequena escala, uma vez que nada faltou, desde a música, aos carros, motos, bicicletas choppers, os “food trucks”, concertos, as tendas de roupas e acessórios e muito mais. Sim, é um evento pequeno, mas cheio de espirito, com muito para crescer. Espero que para o ano estejam maiores e com novidades!

Maria Duarte
maria@foxy-riders.com

Designer, fotógrafa e relação publicas. Tenho uma enorme paixão por motos e desportos radicais. Amo a forma como me fazem sentir! De tal maneira que o meu veiculo do dia a dia é uma BMW F800 e, para mim, escrevo para a melhor revista de motos portuguesa, a REV Motorcycle Culture, onde tenho a oportunidade única de experimentar novas motos, conhecer novos construtores e viver a minha paixão como forma de vida. A culpa foi do meu pai, que um dia chegou a casa com uma Harley Davidson e eu, miúda dos meus 6 ou 7 anos fiquei apaixonada para toda a vida. Aos 10 anos comecei a conduzir motos, mas como não tinha a minha, cheguei a “roubar” a moto do meu jardineiro. Por pensar e agir de forma muito própria, percebi muito cedo que sou responsável pela minha felicidade e que normalmente nada tem a ver com o que a sociedade nos incute, ganhei do meu pai a alcunha de “a rebaldeira”. Também porque adoro experimentar novas actividades e testar os meus limites, apesar de ser muito feminina, gosto de muitos desportos que são considerados, desportos ou actividades masculinas. Para mim, preconceitos! Algo que se manteve constante em toda a minha vida, passear de moto por um dia ou mais sem destino, só guiada pelo meu espirito aventureiro, ainda é das minhas coisas preferidas da vida!

No Comments

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: