Screen Shot 2019-01-18 at 20.44.27

“A Melhor Ride do Ano 2019“

O ano está a começar e pela segunda vez vai realizar-se “A Melhor Ride do Ano“. Não existe melhor maneira de começar o ano do que com uma bela aventura acompanhada por amantes de belas motos sejam elas clássicas, raras, neoclássicas ou supermáquinas a rolar por pitorescas paisagens nortenhas e perfeitas estradas sinuosas. Neste momento já estão cerca de 648 inscritos, sabemos que muitos são penduras e agora com a mudança da data devido às condições atmosféricas, vai realizar-se no domingo dia 20 de Janeiro e devem existir algumas desistências. Vamos ter cuidados redobrados, pois se dá chuva no sábado existe grande hipótese de apanhar gelo na estrada ou mesmo neve no domingo! Por isso muito cuidado! Porém se aparecerem 200 pessoas já vai ser impressionante.

IMG_2967 IMG_2966
Vai ser uma winter ride muito exigente, estamos no norte em pleno Inverno, o frio aperta e este passeio vai passar muitas zonas de serra, um passeio onde é possível apanhar temperaturas negativas e paisagens brancas. São cerca de 270 km, para quem fizer o percurso a sair do Porto… Eu, por exemplo, vou fazer mais uns 24 km. Parece pouco, mas quem fez o percurso do ano anterior, chegou uma altura que parecia não ser possível estar mais desconfortável com o frio que fazia, existia partes do meu corpo que já não as sentia e ouve zonas de gelo e campos brancos. Passamos estradas de terra, zona de estradas com gelo e uma estrada coberta de brita que desafiou a nossa capacidade de condução. Com a chegada da noite, fizemos os últimos 30 km debaixo de chuva intensa, além do frio que já se fazia sentir, percebe-se porque é um passeio para os duros e meio loucos.

IMG_6956
De uma coisa tenho a certeza, vai ser um dia memorável. Um dia de convívio animado, boa comida, companheirismo, amizade entre todos os participantes e mesmo entre desconhecidos. No ano passado a minha Harley parou com problema na centralina e ouve várias pessoas para ajudar. Adoro esta atitude de entreajuda, por sermos unidos por um amor comum, não interessa se somos homens ou mulheres ou a cor da nossa pele. Interessa que somos motociclistas e estamos juntos uns para os outros.
Estamos no início de 2019, temos um ano de possibilidades pela frente. Vamos lá divertir-nos a rolar por belas estradas de curvas de montanha rodeados das melhores paisagens bucólicas e aldeias pitorescas que o norte de Portugal tem para oferecer com todos os seus cheiros e pessoas com suas histórias.

26962501_1604379729607609_4272438516912139812_o
Quem se vai juntar a mim e à Betty nesta bela aventura!? Até Domingo dia 20 de Janeiro!

Maria Duarte
maria@foxy-riders.com

Designer, fotógrafa e relação publicas. Tenho uma enorme paixão por motos e desportos radicais. Amo a forma como me fazem sentir! De tal maneira que o meu veiculo do dia a dia é uma BMW F800 e, para mim, escrevo para a melhor revista de motos portuguesa, a REV Motorcycle Culture, onde tenho a oportunidade única de experimentar novas motos, conhecer novos construtores e viver a minha paixão como forma de vida. A culpa foi do meu pai, que um dia chegou a casa com uma Harley Davidson e eu, miúda dos meus 6 ou 7 anos fiquei apaixonada para toda a vida. Aos 10 anos comecei a conduzir motos, mas como não tinha a minha, cheguei a “roubar” a moto do meu jardineiro. Por pensar e agir de forma muito própria, percebi muito cedo que sou responsável pela minha felicidade e que normalmente nada tem a ver com o que a sociedade nos incute, ganhei do meu pai a alcunha de “a rebaldeira”. Também porque adoro experimentar novas actividades e testar os meus limites, apesar de ser muito feminina, gosto de muitos desportos que são considerados, desportos ou actividades masculinas. Para mim, preconceitos! Algo que se manteve constante em toda a minha vida, passear de moto por um dia ou mais sem destino, só guiada pelo meu espirito aventureiro, ainda é das minhas coisas preferidas da vida!

No Comments

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: